Porque não canto “Tudo sobre você” do Morada.

A adoração a Deus pode ser expressa de várias maneiras. É algo do íntimo das nossas almas e ainda sim pode ser externalizada. Uma das formas de expressarmos adoração a Deus é a fala, isto é, nossas palavras, que as vezes são postas em ritmos e melodias e se tornam músicas.

Portanto quando cantamos nós falamos coisas à Deus. Às vezes sobre como nos sentimos, sobre o que precisamos, confessando os pecados, enaltecendo à Ele com palavras de louvor, etc… A questão é, se quando cantamos estamos falando coisas a Deus, o que temos falado pra Ele?

Essa é a minha intenção neste texto.

Mostrar que há músicas sendo cantadas nos cultos públicos que não condizem com o que a bíblia nos ensina. O exemplo que vou usar é a música “Tudo sobre você” do grupo chamado Morada.

As duas primeiras estrofes da música biblicamente estão corretas e poeticamente bonitas na minha opinião.

O problema é quando chegamos no pré-refrão e refrão.

A questão central é a letra trazer sentimentos descritos pelo relato bíblico das pessoas que estavam diante do monte quando Deus desceu nele para o presente. Para aquelas pessoas, cantar essa música faria sentido (se a tivessem naquela época), pois eles sentiram medo quando estavam pertos do monte.

Para elas dizer para Deus “mais perto da glória mais perto da morte” faria sentido. Elas dizerem para Deus “o medo quer me parar” faria sentido. Elas dizerem para Deus “então me tira o medo” faria sentido. Para elas vencer o medo e subir no monte ao invés de pedir para Moisés o fazer no lugar deles faria sentido.

Mas para nós que temos livre acesso a Deus, por um novo e vivo caminho, em Cristo, pela graça, não faz sentido algum!

Porque eu devo cantar para Deus “me tira o medo que me faz dizer Moisés suba em meu lugar? Fazendo isso o que eu estarei dizendo pra Deus? Alguém pode contestar isso é uma metáfora. Mas eu pergunto metáfora para que? Acaso o cristão sente medo de ir até Deus em Cristo? Acaso o cristão ao se aproximar de Deus precisa ter medo da morte? Acaso o cristão vai pedir para o pastor se apresentar diante de Deus no lugar dele por causa do medo?

É obvio que não.

Quando cantamos estamos falando coisas à Deus

Mas ao cantar o refrão dessa música você vai estar falando para Deus de um sentimento que não é condizente com a situação do Cristão.

Pois pela graça temos acesso a Deus e não há medo envolvido nisso, não há morte que nos espere nisso, não há outra pessoa que possamos pensar em se apresentar a Deus em nosso lugar, portanto não há sentido algum em um cristão verdadeiro dizer essas coisas para Deus.